INFORMAÇÃO PARA CONTACTO
Caso se aplique, indique o motivo do contacto:
  • Comunicação Estratégica
  • Programação e Desenvolvimento
  • Produção e Realização Videográfica e Multimédia
  • Sistemas e Aplicações Móveis
  • Realidade Aumentada e Realidade Virtual
  • Sistemas de E-Commerce

TEMOS A EXPERIÊNCIA, O SABER, A VONTADE, A VISÃO, O MODELO, A MOTIVAÇÃO, A POSTURA, O CONCEITO, A IDEIA

Mais de 30 projetos digitais & instalações em 3 anos

Sobre a empresa

“Good design is obvious. Great design is transparent” - Joe Sparano “Creativity is intelligence having fun” - Albert Einstein “It’s hard to find things that won’t sell online.” - Jeff Bezos “Content is fire, Social Media is gasoline.” - Jay Baer “To create is to live twice” - Albert Camus “Always deliver more than expected” - Larry Page


Quem somos?

Vítor Badalinho

Coordenação

Vítor Badalinho

Comunicação Estratégica, Programação e Desenvolvimento, User Experience e Web Design, Programação e Desenvolvimento, Sistemas de E-Commerce
Faculdade de Ciências Sociais e Humanas
Universidade Nova de Lisboa


Ver perfil

José Maia

Director criativo

José Maia

Programação e Desenvolvimento, Produção e Realização Videográfica e Multimédia, Sistemas e Aplicações Móveis, Realidade Aumentada e Realidade Virtual, Sistemas de E-Commerce
Escola Superior de Tecnologia e Gestão
Instituto Superior de Portalegre


Ver perfil

Somos uma equipa de professores, ex-alunos e finalistas ligados ao Ensino Superior, de várias Universidades e Institutos Superiores europeus, oriundos de áreas de conhecimento e de experiências académicas e profissionais diversificadas.

Criada em 2014, a Zoom Mind Artes Digitais tem a sua origem na relação da investigação e desenvolvimento dos Media Digitais no seio da Universidade portuguesa com o mundo empresarial, dos projetos de empreendedorismo e dos desafios grandes desafios da atualidade.

A metodologia da Zoom Mind Artes Digitais passa pela conjugação dos vários polos de intervenção, procurando encontrar a massa crítica para garantir o sucesso de qualquer projeto digital: a Arte e a Criatividade, a Estratégia de Comunicação, aliadas à Tecnologia e Inovação.

Por isso a apostamos fortemente no reencontro harmonioso das mais diversas formas de produção tecnológica e artística, dois mundos que poderão parecer heterogéneos, mas que são unos na sua essência. Compreender e por em prática essa essência é a nossa motivação.

Áreas de intervenção

Comunicação Estratégica

Programação e Desenvolvimento

Belas Artes, Artes Plásticas e Ilustração

Produção e Realização Videográfica e Multimédia

Sistemas e Aplicações Móveis

Realidade Aumentada e Realidade Virtual

User Experience e Web Design

Sistemas de E-Commerce

Portefólio

  • Websites Institucionais e catálogos
  • Websites para jornais e eventos
  • Branding, logótipos, entidade gráfica e UX/UI
  • Desenvolvimento de Apps Mobile
  • Facebook Ads
  • Google Adwords
  • Gestão de Redes Sociais
  • Aplicações Complexas
  • Acessos Reservados
  • Realidade aumentada
  • Realidade virtual
  • Integrações com ERP’s
  • Search Engine Optimization
  • Data Mining e optimização de sistemas digitais
  • Alojamento, manutenção e gestão de recursos
  • Lojas online e Lojas Virtuais

Websites

Realidade Aumentada

Instalação de realidade aumentada

A Zoom Mind produz e desenvolve aplicativos e instalações de realidade aumentada e realidade virtual, assim como produz modelação 3D e animação de figuras sintéticas.

A Realidade Aumentada é uma área de pesquisa trata da integração de elementos virtuais gerados por computador com o mundo real, realizando a composição de um ambiente misto em tempo‐real.

Surgiu numa primeira instancia com o desenvolvimento de um capacete dotado de um sensor de movimento que permitia navegar à volta de um elemento virtual posicionado no espaço real este primeiro contributo teve o cunho de Edward Sutherland. Na década de 1980 a sua primeira aplicação foi efectivamente para fins de simulação militar através da disponibilização de informação a pilotos.

A tecnologia disponível para o desenvolvimento desta tipologia de aplicativos tem registado uma evolução crescente, se numa primeira instancia tudo era desenvolvido apenas num computador sem recurso às possibilidades das redes digitais, numa segunda instancia a tecnologia Flash permitiu a ligação à redes. Qualquer uma destas possibilidades estava intrinsecamente ligada à utilização de marcadores, ou seja grafismos associados através de programação ao objecto a carregar pela plataforma.

O caminho continuou a percorrer-se de uma forma para nós que acompanhamos a área muito lento, pois é normal querer mais e sempre mais, numa primeira instancia emergiu a RA com marcadores diferentes, em vez da simplicidade dos grafismos monocromáticos que geralmente utilizávamos, tornou-se possível usar fotografias, efectivamente foi uma revolução, mas durou pouco... pois a emergência do mercado móvel e a da tecnologia Flash com estes dispositivos levou à procura de outra tipologia de soluções.

Neste momento a Realidade Aumentada já pode ser usada com muita fluência em dispositivos móveis, facto que permitiu partir uma diversidade de aplicativos de natureza distinta e com a possibilidade fornecer informação multimédia georreferenciada e contextualizada, fomentando assim a imersão na narrativa. No que concerne aos níveis de participação dos utilizadores, os aplicativos em questão disponibilizam narrativas não lineares (como tal as escolhas estão em aberto), a interacção com personagens virtuais, assim como com outros utilizadores é um possibilidade que em muito faz crescer o nível de participação e de envolvência com o dispositivo mediático.

Assistimos assim a uma imersão total, onde se cruzam todas as vivências do homem em ambientes digitais comunicantes e uma crescente possibilidade de participar, de construir a narrativa e essencialmente de comunicar.

Mesa Redonda RA – Realidade aumentada e o desafio da narrativa digital

Dos jogos ao cinema, a animação é uma arte transversal a praticamente todas as linguagens que recorrem à imagem em movimento. A programação do “para além do ecrã” tem como tema este ano a realidade aumentada (RA). A relação do cinema de animação com as novas tecnologias vem desde sempre, a animação é ela própria uma nova tecnologia. Discutir, apresentar e “tocar” a relação da animação com a realidade aumentada é o objetivo desta mesa redonda com especialistas mundiais. Durante o festival o público poderá ainda experimentar os projetos de RA.

Projectos para demonstração pública. Abordagens:

Didáctica:
A Realidade Aumentada na ilustração e banda desenhada

Promoção institucional e de eventos:
Instalações de realidade aumentada na promoção do desporto

Divulgação e marketing:
Cartões de visita com realidade aumentada

Mais informações:
http://www.monstrafestival.com/talks/

Parceiros, investigação e experiência académica

Comodo SSL